HORA DE PRESTAR CONTAS (6)

Um breve resumo, em números, das ações e atividades realizadas:

Projeto: Fortalecimento de alternativas em áreas vulneráveis aos efeitos negativos das mudanças climáticas no semiárido paraibano.

Nome fantasia: Semiárido Solar (www.semiaridosolar.eco.br)

Período de abrangência: 1º de janeiro de 2016 a 30 de junho de 2018

(prorrogado por 3 meses – até 30 de setembro de 2018)

Realização:

Cáritas Brasileira

Fórum Mudanças Climáticas e Justiça Social (FMCJS)

Apoio:

Comitê de Energia Renovável do Semiárido (CERSA)

Misereor

Ações baseadas em três eixos:
  1. Formulação de políticas públicas;
  2. Implantação de sistemas demonstrativos;
  3. Capacitação.
  • Criação do blog www.semiaridosolar.eco.br.
  • De 3 municípios inicialmente previstos para serem atendidos pelo Projeto, o projeto finaliza beneficiando um total de 11 municípios atendidos.
  • Disseminação de tecnologias renováveis/unidades demonstrativas: biomassa (fogão de lenha eficiente/agroecológica) e solar fotovoltaica (iluminação pública, cerca elétrica, bombeamento de água, conexão a rede elétrica)
  • Implantação de 45 unidades demonstrativas em 11 municípios do Alto Sertão Paraibano.
  • Realização de 15 vídeos das ações/atividades desenvolvidas.
  • Realização de 4 Oficinas Temáticas para agricultores familiares, técnicos, pedreiros, eletricistas: Fogões a lenha eficiente, Biodigestor – Como fazer, Eletricista solar, Bombeamento de água com energia solar.
  • Realização de 3 Seminários “Aquecimento Global, Mudanças Climáticas, Crise Hídrica: O que eu tenho a ver com isso?, nos municípios de Patos, Pombal e Sousa.
  • Realização do Seminário “Mudanças Climáticas: Políticas Públicas para Fontes Renováveis de Energia”, no município de João Pessoa.
  • Apoio a 2 plenárias do Comitê de Energia Renovável do Semiárido (CERSA).
  • Apoio ao Seminário “Mudanças Climáticas e Justiça Social” realizado pela Diocese de Patos e o CERSA.
  • Apoio a 2 eventos do “Forum do Semiárido de Energias Renováveis” (CERSA).
  • Em torno de 40 visitas técnicas foram realizadas na área de atuação do Projeto.
  • Visitas de campo acompanhando: o Assessor Nacional da Caritas Brasileira, João Paulo Couto; e o Consultor da Misereor, Gerhard Braunmiller.
  • Reuniões com prefeitos dos municípios de Patos, Pombal e Sousa.
  • Realização de 1 curso de extensão no IFPB, campus Sousa.
  • Proposta de criação do “Fórum Paraibano de Mudanças Climáticas e Biodiversidade” para formulação de politicas públicas para energias renováveis.
  • Levantamento da legislação existente no Estado da Paraíba sobre apoio as fontes renováveis de energia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: