PROJETO “SEMIÁRIDO SOLAR” TERMINA SUAS ATIVIDADES NO FINAL DE SETEMBRO

Em janeiro de 2016 teve início o projeto “Fortalecimento de alternativas em áreas vulneráveis aos efeitos negativos das mudanças climáticas no semiárido paraibano”, conhecido como Semiárido Solar”, convênio estabelecido entre a Misereor, Caritas Brasileira e Fórum de Mudanças Climáticas e Justiça Social. Previsto inicialmente sua duração de 30 meses, acaba de ser prorrogado até setembro/2018. Um balaço final será disponibilizado amplamente.

Agora é hora de planejar, realizar ações finais e propor novas e promissoras idéias que permitam fortalecer o emponderamento crescente de amplos setores da população urbana e rural sobre as questões das mudanças climáticas e o papel da energia (para quê? para quem? como produzida?).

Na semana de 23 a 25 de julho/2018 ocorreram alguns encontros, visitas técnicas e de planejamento. No dia 23 (2ª feira) na Sede a Ação Social Diocesana de Patos foram discutidos com seus técnicos, as próximas instalações das luminárias para iluminação pública (duas na Fazenda da Esperança/município de Condado, e outra, na própria sede da Ação Diocesana).

Um sistema de bombeamento com energia solar também será instalado na Fazenda da Esperança. A instalação fornecerá água, a partir de um cacimbão (poço Amazonas), a uma área irrigada de ½ ha.

Na visita a Fazenda da Esperança, ficou definido junto ao Sr. Izidoro, que na semana de 13 a 17 de agosto os serviços serão executados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: