USO DE ENERGIA SOLAR CRESCE NO ALTO SERTÃO PARAIBANO

Foi postado recentemente neste blog a foto de um outdoor cuja empresa anunciava, e fazia propaganda de sistemas solares fotovoltaicos. Esta mesma empresa também disponibiliza em lojas de material de construção (elétrico, mecânico, …) panfletos sugerindo que o cidadão “produza sua própria energia”.

Este exemplo mostra a vitalidade dos negócios solares. Através de breve enquete verifica-se uma evolução da instalação de sistemas solares conectados na rede elétrica nos municípios:

Sousa: 6 sistemas
2015 – 1 sistema / 2,1 kWp
2016 – 1 sistema / 11,9 kWp
2017 (até fevereiro) – 3 sistemas / 35,9 kWp
1 sistema / 3,18 kWp (escola pública estadual)

Pombal: 5 sistemas
2016 – 2 sistemas / ? kWp
1 sistema / 1,5 kWp (padaria solar)
2017 – 1 sistema / 6,3 kWp
1 sistema / 2,5 kWp (unidade de polpa de fruta – área rural)

Na Paraíba já são 70 sistemas instalados interconectados na rede em residências, escolas e pequenos negócios.

O Comitê de Energias Renováveis – CERSA sem dúvida tem um papel importantíssimo neste crescimento do interesse da cidadania em produzir sua própria energia elétrica utilizando o Sol. E o projeto Semiárido Solar contribui modestamente com esta realidade através da incidência política, da instalação de sistemas demonstrativos (iluminação pública, sistemas conectados na rede, bombeamento de água, carca elétrica) e com capacitação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *